TikTok desmente ataque e garante que dados divulgados por hackers não lhe Pertencem – internet


a TikTok design as a circular information No temporary data Exploradas Exploradas from hackersque conseguiram aceder a um grande volume de dados, incluindo código-fonte da plataforma.

Information about the exploitation of tinha sido publicada por um Grupo que se identifica como against the West Online cylinders, please refer to the explorer Hashbilidades de seguranca no TikTok e no WeChat. Recorde-se que as duas empresas são detidas por Grupos chineses, mas por dois Grupos distintos a ByteDance a Tencent.

Segundo esta informao, os hackers terão tido accesso a uma base de dados conjunta com 790 GB, onde constam 2 milhões de registosincluindo dados pessoais, estateísticas da plataforma, código fonte da plataforma, tokens e outras informações.

O TikTok veio agora desmentir estes dados, garantindo que os seus técnicos já Investram a informação e os sistemas da empresa e There is no identification of weakness com informação extraída das suas bases de dados.

“Esta é uma alegaçãorecta – a nossa equipa de seguranca investigation o código em Questão não está minimamente relacionado com o código fonte do TikTokque nunca foi fundido com os dados do WeChat.” foi feita ad by BleepingComputer, que também partilhou a publicação dos hackers.

Against the West Reclaim the attack on TikTok

Credits: Sleeping computer

“data-title =”AgainstTheWest reclaam ataque ao TikTok – TikTok desmente ataque e garante que dados divulgados por hackers não lhe perfencem – SAPO Tech”> Against the West Reclaim the attack on TikTok

Credits: Sleeping computer

varius especialistas de seguranca You should send a message to tinham comentado o supposto ataque ao TikTok, desvalorizando o conteúdo da informação em Questão e lookingando, que embora sendo verdadeira, é aparentemente de accesso público. Nothing is new, like this is that it is de facto doing sistema do tik tok.

Com o TikTok a garantir que não identifica nenhuma violação dos seus sistemas, que nunca juntou informação ao WeChat e que os seus sistemas de segurança impedem a recolha direta de informaçilizo dos suspeita-se que a informação acedida pelos hackers posa ter sido obida por outra via. Provavelmente através dos sistemas de uma terceira empresa, que usou informação pública para criar uma base de dados com informação de ambas as plataformas para fins comerciais.

O Grupo AgainstTheWest, Discreef-C Como M coletivo que atua contre países e alvos que identifica como ameaças ao estilo de vida ocidental. Como explicaram numa entrevista ao site CyberKnow, neste momento premium alvos chineses e russos, mas também têm planos para atacar alvos na Coreia do Norte, Bielorrussia ou Irão.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.